Cotidiano

Ciclone extratropical provoca chuva forte e alaga cidades do RS e de SC

A formação de um ciclone extratropical no litoral da região Sul provoca chuva forte em cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Há registros de alagamentos e deslizamentos de terra na manhã desta sexta-feira (16) em diferentes pontos dos estados.

 

A cidade de Maquiné, no norte gaúcho, é uma das mais afetadas com a passagem do fenômeno. Mais de 200 famílias estão ilhadas e 50 estão desalojadas. Não há informação de mortes.

 

O município teve o dobro da média de chuva do mês em 12 horas, com 233 mm. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil estão dando apoio às famílias afetadas.

 

O prefeito João Marcos Bassani disse que o município se prepara ao longo do ano para enfrentar eventos naturais como esse.

 

A chuva começou ainda na noite de quinta-feira (15). Rajadas de ventos fortes também preocupam, já que pode provocar destelhamento nas áreas atingidas.

 

Em Porto Alegre, há pontos de alagamentos e o governador Eduardo Leite disse que profissionais da Defesa Civil e dos Bombeiros estão de prontidão para o suporte da população.

 

Em Santa Catarina, deslizamentos de terra foram registrados em Joinville e São Francisco do Sul. Não há registro de vítimas.

 

O governador catarinense Jorginho Mello disse no Twitter que as próximas horas “ainda inspiram cuidado”. Segundo o político, a Defesa Civil está mobilizada e retirou 19 idosos de uma casa de repousos que ficou alagada na cidade de Tubarão. Há registros de problemas também na capital, Florianópolis.

 

As aulas na Universidade Federal de Santa Catarina foram suspensas por causa das chuvas. O estado registra precipitações desde o início da semana.

 

A previsão do tempo indica que a chuva vai continuar nas próximas horas e o frio deve predominar na sequência.

 

Texto: reprodução/Band News FM, com edição NH Notícias
Fotos: reprodução

Comentários